Santidade, Beleza, Charme e Sensualidade

<<<1917 >>><<< 1928 >>><<<1954 >>><<<1957 >>><<<1999>>>

 

Parecem-vos "santas" estas mulheres? Quem são? Que têm elas em comum?

 

Tirando a palavra "santidade", o resto do título deste artigo poderia perfeitamente ser a resposta do que elas poderiam ter em comum. Mas a realidade é que todas são actrizes de cinema (clicar nas fotos) e todas personificaram em filmes diferentes (clicar nas datas sob as fotos) a mesma santa: Joana d'Arc cuja beatificação ocorreu precisamente há cem anos, no dia 19 de Abril de 1909.

 

Uma semana após a Santa Páscoa, eis que me surge este dia de 19 de Abril, com poderosas efemérides de Santidade:

 

Joseph Ratzinger foi eleito pelo conclave, no dia 19 de Abril de 2005, como o actual Santo Papa Bento XVI. Foi eleito como o 266º Papa com a idade de 78 anos e três dias (Wikipédia) .

 

Roberto Carlos Braga, "o Rei" nascido em 19 de Abril de 1941 em Cachoeiro de Itapemirim, no Estado do Espírito Santo, Brasil, completou 68 anos (Wikipédia).

 

 

 

Mas, a efeméride dos 100 anos da beatificação de Jeane d'Arc, mereceu da minha parte mais atenção. pois lembro-me de, em criança, ter visto um dos filmes que retratava a vida de Joana d'Arc, e impressionou-me bastante o fim que ela teve ao ser queimada viva, por ordem da Igreja. Eis um resumo do filme:

..
Resolvi reavivar meus conhecimentos sobre a matéria, usando desta vez o veículo da Internet e muitas interrogações surgiram-me com o que vi:
  • Deveria uma mulher que se passara por homem nesse tempo ter uma cara e uma silhueta de mulher?
  • Porque foram escolhidas actrizes de fisionomias femininas (e não só!) para o papel?
  • Seria Joana d'Arc uma mulher atraente?
  • O que é a atracção?
Estas perguntas me levaram a consolidar uma teoria que há muito me ronda de que a atracção feminina assenta em três pilares (o da beleza, o do charme e o da sensualidade), ora equilibrados, ora sendo um deles preponderante, ora sendo deficiente. Muitas máximas e pensamentos de notáveis personagens, estabelecem este relacionamento que se quer equilibrado.
 
Beleza
"Não serve para nada ser-se jovem sem beleza, nem bela sem juventude"

Charme

"É uma espécie de encanto numa mulher. Se tem charme, não precisa de mais nada; se não o tem, tudo o resto não serve para muita coisa"

Sensualidade

"Não existe antídoto mais poderoso contra a baixa sensualidade do que a adoração da beleza"
Terminemos este artigo com fotos BCS (Beleza, Charme e Sensualidade) de mais uma aniversariante do 19 de Abril, a tenista russa:
.
sinto-me:
publicado por jorsoubrito às 08:27 | link do post | comentar