Domingo, 22.02.09

Domingo Gordo de 2009 ou aniversários de notáveis "pais fundadores"?

No Domingo Gordo do ano passado, homenageei meus "cães carnavalescos". Este Domingo, acordo com o reboliço de meus filhos escuteiros que se preparavam para irem a São Domingos, participar numa actividade escutista. "Mau dia escolheram", ripostei eu; "Não, papá... é que hoje é o dia do aniversário de Baden Powell, o pai do Escutismo!" contrapôs meu filho Mauro (à direita na foto), que parecia muito entusiasmado com a ideia de ir passar o dia em São Domingos. Não sabia eu que este meu descendente fosse tão aficionado de:
. Robert Stephenson Smyth Baden-Powell (Londres, 22 de Fevereiro de 1857 — Quénia. 8 de Janeiro de 1941) foi um tenente-general do Exército Britânico, fundador do escutismo. Engraçado é que a mulher deste militar, Olave St. Clair Soames Baden-Powell, também nasceu a 22 de Fevereiro (1889) e foi responsável do escutismo feminino, "As Guias". .
Fui então consultar as efemérides e encontrei, como também nascido a 22 de Fevereiro, um outro "pai fundador": George Washington (Condado de Westmoreland, Virgínia, 22 de Fevereiro de 1732 — Mount Vernon, 14 de Dezembro de 1799), cognomeado de Pai dos Estados Unidos da América, foi um general e político estadunidense, tendo sido o primeiro presidente dos Estados Unidos da América, de 1789 a1797.
Dilema: deveria eu falar do Carnaval, momento anti-ambiental onde cada um procura se mascarar de forma original para se destacar dos demais, ou falaria do Escutismo onde todos de vestem de uniforme e seguem princípios disciplinados e construtores do ambiente? Resolvi não falar de nenhum, ficar por aqui e apenas produzir links e fotos de todos estes eventos!
publicado por jorsoubrito às 16:13 | link do post | comentar
Domingo, 19.10.08

Raúl Solnado e as primeiras gargalhadas de que me recordo

Hoje, 19 de Outubro 2008, este grande humorista português que responde pelo nome de Raul Augusto Almeida Solnado fez 79 anos! Ainda rijo e valente, parece que irá para o ano (o ano de seu 80º aniversário) brilhar de novo na RTP (clique aqui). Tornou-se num grande actor, mas eu ainda o prefiro como aquele humorista dos anos 60 do século XX.


Este Raul Solnado traz-me gratas recordações das noites de gargalhadas que meus jovens pais davam em 1962, no pequeno apartamento onde vivíamos em Lisboa (entre 1962 e 1963). Esta estadia em Lisboa, foi para mim marcante, visto estar associada à primeira viagem que fiz, tinha eu 5 anos apenas. A família seguira (mais a vovó Candinha, sogra de meu pai) para Lisboa no navio motor Alfredo da Silva e regressara um ano depois no Manuel Alfredo (o navio gémeo do primeiro). Saudosos navios! Mas estas aventuras náuticas ficarão para uma próxima crónica.

Lembro-me de o ouvir na rádio, nos seus shows humorísticos. Meu pai comprara um dos discos de vinil (45 rotações) de Solnado, que faziam furor na época. Tratava-se do disco que batera todos os recordes de vendas de discos em 1962 e que reunia "A Guerra de 1908" e "A História da Minha Vida".

Apresento-vos agora "A guerra de 1908" sob forma de "mídia".
.

Agora um pouco de sua discografia (singles e EPS):
  • Soldado Que Vais P'rá Guerra [Guerra de 1908/História da Minha Vida (EP, Parlophone, 1962) 1133
  • Ida Ao Médico/A Selva e Os Seus Leopoldos (EP, Parlophone, 1962) 1143
  • É do Inimigo?/Concerto de Violino (EP, Parlophone, 1963) 1150
  • A Bombeiral da Moda [O Bombeiro Voluntário/ É da Maternidade] (EP, Parlophone, 1964) 1184
  • O Impostor-Geral ()
  • Chamada Para Washington/O Repuxo (EP, Parlophone, 1966) 1237
  • O Pinguinhas (1ª e 2ª parte) (EP, Parlophone, 1967) 1305
  • O Cabeleireiro de Senhoras/A História do Meu Suicídio (EP, Parlophone, 1968) 1344
  • Raul Solnado (Ludgero Olodualdo) canta Badaladas (Single)
  • Cirurgia Plástica (1ª e 2ª parte) (Single, Parlophone) 006-40 189
  • O Palhaço Verde - História Infantil (1ª e 2ª parte) (Single, Parlophone)
  • Malmequer/Faduncho (Single, 1972)
  • Algumas Histórias Com Juízo (Single, Zip-Zip, 197) 10038
  • Fado Fadinho [Fado Maravilhas/Fado Calcinhas] (Single, Zip-Zip, 197) 30032
  • Es Preferible/Es Meson Del Gitano (Single)
  • Dá O Cavaquinho, Os Ferrinhos e a Pandeireta (Single, Orfeu, 1978) 645
  • Fado Do Regresso/A Nossa Cidade (Single, 1979)
  • Zé Canal (Single, 1981)
Solnado actuou no Brasil e eis uma pérola rara (um clip de vídeo de um "sketch" com o actor italo-brasileiro Zeloni:

.

Para terminar, eis uma colagem de vídeos e imagens de Raúl Solnado, tendo como som de fundo, a "canção" deste artista: Dá O Cavaquinho, Os Ferrinhos e a Pandeireta (Single, Orfeu, 1978) 645

.
publicado por jorsoubrito às 17:07 | link do post | comentar
Domingo, 13.07.08

Café margoso ou café dóxi ?

Estava eu calmamente deitado a olhar para o tecto do meu quarto e a imaginar o que iria partilhar com meus leitores neste blog ("quem me dera ter a capacidade do meu amigo João Branco do Café Margoso", cogitava), quando, por coincidência, senti um aromático odor a café, que teimava a acompanhar a brisa que pela porta de meu quarto entrava. Dei um salto, qual Arquimedes e seu Eureka! e de CiberShot em riste fui à varanda (sobranceira ao quintal) captar as imagens das quais a cena ao lado é elucidativa ilustração: "A empregada Lena torra o café do Fogo acompanhada pelo caniche Dan's".

Regressei ao meu leito inspirativo, liguei o tablet PC que poisei sobre minha barriga, conectei-me à Internet sem fios da Praia-Digital (ex internet do Filú) e comecei a pesquisar um pouco sobre esta minha paixão... o café. Entretanto, visitei o Café Margoso e depois o Mário Persona Café, dois cafés da blogosfera que sobre a preciosa bebida pouco falam, mas que do nome se servem para nos deleitar com aromáticas crónicas e as mais diversas originalidades. Reparei então, que tal como a maior parte dos bloguistas cabo-verdianos, eu só tinha neste blog, links para blogs CV. Tratei logo de fazer justiça ao Mário, colocando um link para o seu Persona Café brasileiro, que há dois anos me entretém com suas saborosas crónicas sarcásticas mas geniais sobre os mais diversos assuntos. O Café de Mário serve-lhe de pretexto para nos presentear no fim de suas crónicas com a resenha de um livro cujo teor está intimamente ligado ao objecto da crónica escrita. Chamarei a este Café o Café Dóxi, para contrapor ao Margoso de João. Embora diferentes estes dois sites têm muito em comum, pelo menos o talento de seus escribas. Coloco na parte final da faixa lateral deste Blog, um feed que absorve a crónica mais recente de Mário.

Passemos agora ao precioso líquido. João Branco, no entróito de seu Café, mostra apreciá-lo sem açúcar. Porém, o café é apreciado das mais diversas maneiras e consoante as culturas e gostos. Minha avó paterna (do Fogo) não lhe punha muito açúcar e bebia-o fumegante; minha avó materna misturava-o com chicória e bebia-o com leite. Minha sogra, introduz mais de cinco colheres-de-chá de açúcar para que possa raspar no fim a "papa doce e melada aromatizada a café".

Os Lisboetas preferem beber um expresso com açúcar: a famosa bica. Há quem diga que bica é o acrónimo de Beba Isso Com Açúcar, slogan inventado pelo café lisboeta A Brasileira, que inicialmente mal vendia o amargo cafèzinho.

Gosto de dar uma de minha graça contando coisas sobre o café. Porém, hoje só darei algumas dicas e factos comprovados sobre o aroma e o gosto desta bebida:
  • O aroma e o gosto do café, nada têm a ver com a cafeína. As diferentes substâncias que compõem esse gosto, formam-se durante o processo de torrefacção. São no entanto muito frágeis, sensíveis ao excesso de temperatura e voláteis.
  • Devemos então fornecer bastante oxigénio ao torrar o café. Por isso deve-se mexer constantemente os grãos durante o processo, para que eles estejam sempre em contacto com o ar e não aqueçam em demasia. Vejam o vídeo que se segue:

  • Oups! Creio que Lena, a empregada, deixou queimar demais o café! Não deve ficar ele preto, mas sim castanho escuro. É que o excesso de calor provoca outras reacções dos citados compostos, que se transformam em outros de gosto amargo. Estas reacções de melanização, ocorrem acima dos 96-97º centígrados (à pressão atmosférica normal).
  • Convém arrefecer rapidamente os grãos após o término da torrefacção, pois não só teríamos degradação (devido à alta temperatura) como os saborosos aromas voláteis se perderiam no ar. Truque: deitar dentro um líquido frio; mas... água não! Dita-se um cálice de whisky; este tem álcool, evapora-se depressa e o gosto que deixa confunde-se com o amargo do café.
Por agora é tudo meus caros, termino com um dito crioulo:

Alen li: sima café di pobri, ora dóxi... ora margós!


publicado por jorsoubrito às 08:25 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 31.05.08

Baby Garda e baby Jorge comemoram o dia internacional da criança

Eis que regresso a Cabo Verde no dia internacional da criança, após uma ausência em férias, longe dos blogs e das TIC.

Peço porém desculpas aos meus leitores, porque não me foi possível publicar nos últimos Domingos qualquer artigo que fosse.

E para homenagear este dia da criança, preparei um diaporama da minha família nuclear com fotos de nossa infância. Ei-lo:

publicado por jorsoubrito às 23:09 | link do post | comentar
Domingo, 04.02.07

Meu mundo de blogs e sites

Em vésperas do Natal estive a engendrar este Blog muito próprio e que revela o lado não profissional, não científico e não intelectual de mim mesmo

Servirá porém de ponte aos outros blogs em que participo e a sites que desenvolvo:
  • TransdisciplinarCV - blog (colectivo) que é um local de discussão e de divulgação da Transdisciplinaridade. A ligação a Cabo Verde tem a ver com as actividades do criador do Blog e com as condições propícias de Cabo Verde para o desenvolvimento da Transdisciplinaridade. Os cinco colaboradores deste Blog são os fundadores do Núcleo TransD da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde - uma Universidade Transdisciplinar
  • TransdisciplinarityCV - a place of discussion and spreading of Transdisciplinarity. The linkage to Cape Verde relates to the Blog’s author activities and nationality, as well as to the propitious conditions in Cape Verde for the development of Transdisciplinarity.
  • O Blog do Reitor da UniPiaget de Cabo Verde - servirá para estabelecer um laço de conivência e cumplicidade entre o Reitor da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde e a respectiva comunidade académica e administrativa. Conjunto de informações, pontos de vista e sensibilidades próprias do Reitor que somente engajam a ele e não deverão ser considerados como posturas ou posições institucionais, embora possam muitas vezes coincidir com as mesmas
  • Genealogia dos Barros Brito (meus filhos) - local onde se pode navegar pela árvore genealógica da família constituída por mim e minha mulher. Encontram-se nela reproduções de documentos, fotos, mapas e descrições históricas e biográficas diversas.
  • CVquímica - Este é um local onde se fala de química e de ciências conexas, muitas vezes relacionadas com o meio sócio-cultural cabo-verdiano e particularmente dirigido aos meus estimados alunos de diversas disciplinas onde entra a química.


publicado por jorsoubrito às 19:54 | link do post | comentar

Mais sobre mim

Posts recentes

pesquisar neste blog

 

tags

Subscrever

Feedback

  • Caro colega, sou frances radicado no brasil desde ...
  • Prezados amigos,verifiquei que não sou o unico a p...
  • sou um militar da reserva da marinha do brasil, fi...
  • Olá, perdôe-me entrar assim sem convite, mas pesqu...
  • 73 de PY3FBI Pacheco Qth Porto Alegre RS Brasil.Mu...
  • boa tarde caro amigo,como voce eu tambem morei no ...
  • Bonita história!Carrega no link http://www.barrosb...
  • Ola boa tarde .Eu me interesso muito pelo radio am...
  • Ola JprgeE com prazer que leio as historias da nos...
  • Gostei do layout do blog em que representa lembran...

Mais comentados

arquivos

blogs SAPO